Se você está começando como Gestor de TI, ou pensa em se tornar um, receba dicas para ter sucesso nessa posição (é grátis)!

Como se tornar um gestor de TI

Como se tornar um gestor de TI

Como se tornar um gestor de TI, é uma questão que recebo com certa frequência de muitas pessoas. Vou tentar mostrar a minha visão sobre esse ponto neste post.

Assista a esse vídeo:

 

Um pouco de história

Não sei se aconteceu o mesmo com vocês.

Na minha graduação, concluída há muitas décadas no século passado, havia uma disciplina chamada Administração de CPD, que eu tinha certeza que seria a saída para todas minhas dúvidas e me capacitaria para um possível cargo de “Gerente de TI” ou algo parecido no futuro.

Bem, comigo só me trouxe frustração. Nada que me mostrasse como realmente tocar um departamento, setor ou qualquer coisa parecida como uma área de TI.

Anos mais tarde iniciei um MBA na busca desse tipo de informação. Depois de muito dinheiro gasto e mais frustração, ainda não tinha a exata idéia do que fazer no dia a dia de um gestor de TI. Muita teoria e informação desconexa, mas nada que me ajudasse realmente.

Enfim, acabei me tornando um gestor de TI, lendo muitos livros e manuais, participando em diversos projetos auxiliados por consultores e com a rotina da função.

 

Competências necessárias

Quase todos nós que estamos na área de TI, tivemos uma formação e vivência técnica em TI. O que para muitos seria o motivo pelo qual haveria dificuldade para o alinhamento entre a área de TI e o negócio propriamente dito.

Não concordo com esse ponto e já deixei isso bem claro no post: Gestor de TI e as pragas do Egito.

De qualquer forma, para que esse alinhamento seja facilitado, é desejável que o profissional de TI candidato a uma posição de gestão, tenha um perfil empreendedor. Na verdade o ideal é que ele seja um intraempreendedor.

Segundo a Wikipedia:

Intraempreendedorismo é a versão em português da expressão ”intrapreneur”, que significa empreendedor interno, ou seja empreendedorismo dentro dos limites de uma organização já estabelecida.

Wikipedia – Intraempreendedorismo

E quais competências seriam desejáveis?

A partir da pesquisa de David McClelland, conduzida em parceria com a Organização das Nações Unidas entre empreendedores dos cinco continentes, os comportamentos comuns entre empreendedores de sucesso foram agrupados em 10 competências:

  • Estabelecimento de metas
  • Índice de qualidade e eficiência
  • Correr riscos calculados
  • Busca de informação
  • Busca de oportunidade e iniciativa
  • Persuasão e rede de contatos
  • Persistência
  • Comprometimento
  • Independência
  • Auto confiança

Mais detalhes sobre a pesquisa de McClelland e sobre as 10 competências empreendedoras, você pode encontrar no artigo da Exame: Comportamento modelo.

Não se preocupe se você não tem alguma dessas competências completamente desenvolvida. Todas podem ser desenvolvidas e exercitadas como parte do seu aprendizado.

O importante é entender a sua necessidade.

 

Quais conhecimentos são necessários?

Assim como é necessário para qualquer gestor, para o gestor de TI também é necessário o conhecimento básico sobre ciclos PDCA e SDCA.

Ciclos PDCA (Plan, Do, Check e Action) são indicados para melhorias em seus processos. Para isso é indicado o conhecimento da metodologia MASP (Método de Análise e Solução de Problemas).

Já ciclos SDCA (Standard, Do, Check and Action) são indicados para padronização de seus processos e portanto são utilizados no seu dia a dia de operação, ou seja, é o gerenciamento da rotina.

Na verdade antes de qualquer melhoria em um processo, você precisa padronizá-lo. Recomendo a leitura do artigo SDCA before you do PDCA do Kayzen Institute.

PDCA e SDCA

Interessante também saber utilizar as 7 Ferramentas da Qualidade: Fluxograma, Diagrama Ishikawa, Folhas de Verificação, Diagrama de Pareto, Histograma, Diagrama de Dispersão e Controle Estatístico de Processo (CEP).

Nunca esquecendo do 5W2H. What (o que será feito?), Why (por que será feito?), Where (onde será feito?), When (quando?), Who (por quem será feito?) e os 2H: How (como será feito?) e How much (quanto vai custar?), que será extremamente útil para os futuros planos de ação.

Como uma boa referência para os ciclos PDCA e SDCA, e para o uso das ferramentas citadas, recomendo fortemente o livro do Prof Falconi, Gerenciamento da Rotina do Trabalho do Dia-a-Dia.

Objetivo deste livro é prover um roteiro de fácil entendimento para que cada brasileiro possa melhorar o seu gerenciamento. Para tanto, são aplicadas algumas técnicas modernas de comunicação, como o uso intenso de diagramas, da itemização e das palavras-chaves. O livro, de fácil leitura, é aplicável às mais diferentes áreas da administração, produção, serviços ou manutenção e tem sido, certamente, um fator que impulsiona o Movimento de Qualidade no Brasil.

Em relação aos processos específicos de TI, sempre utilizar a combinação do COBIT e ITIL.

Na posição de gestor, você não precisa ter o conhecimento aprofundado de todos os processos, mas precisa entender como funcionam e seu inter-relacionamento, para que possa identificar quais processos serão necessários implementar e para que possa definir para cada processo:

  • Descrição e políticas de seu funcionamento
  • Métricas e Indicadores (KPIs)
  • Registros relativos ao seu desempenho
  • Modelos de documentação a serem utilizadas

Quais processos preciso conhecer?

Considero que os seguintes processos são bastante comuns em todas as corporações. Talvez alguns não se adequem ao seu negócio, talvez algum processo esteja faltando.

De qualquer forma, é um ponto de partida para que inicie seus estudos no caminho a ser tornar um gestor de TI:

Gestão do Departamento/Divisão/Setor/Área de TI

Aqui estão os processos a serem utilizados para o gerenciamento do dia a dia da Área de TI:

  • Planejamento Estratégico: quais os requisitos necessários para adequar a estratégia da TI à estratégia do negócio, visando a elaboração de um PETI (Plano Estratégico de TI) e de um PDTI (Plano Diretor de TI).
  • Orçamento: o que é gestão orçamentária, conceitos como: CAPEX, OPEX, OBZ etc, sempre alinhando seu planejamento ao orçamento da corporação.
  • Pessoas: como contratar, desenvolver e manter times de alto desempenho.
  • Fornecedores: como escolher, contratar e desenvolver fornecedores, gerenciar contratos, avaliar seus desempenhos etc
  • Conformidade (Compliance): conhecer as normas, leis e frameworks em que a área de TI será auditada, garantindo que toda documentação e processos estejam em conformidade com os requisitos definidos.

Gestão da Infraestrutura

Processos de gestão da infraestrutura de hardware, software e serviços que suportam os processos entregues aos clientes.

  • Inventário: gerenciar ativos de TI, armazenar e gerenciar suas configurações, criar e manter um CMDB.
  • Operação: gerenciar a operação, solicitações e incidentes de serviços, problemas, continuidade de serviços e segurança.

Projetos

Processos relativos ao gerenciamento de projetos a cargo da Área de TI.

  • Metodologias: escolha da metodologia de gestão de projetos a ser utilizada: PMI/PMBOK, Prince2, Scrum etc.
  • Projetos: gerenciar programas e projetos, definição de requisitos, mudanças, aceitação e transição de mudanças.
  • Desenvolvimento e Manutenção de Aplicações: gerenciar identificação de soluções e desenvolvimento, gerenciar implantações e customizações de ERPs e legados.

Logicamente aqui é apenas um apanhado, do que creio ser necessário, um aspirante a posição de gestor de áreas de TI deva pesquisar e se aprofundar no estudo, para que tenha um caminho menos atribulado em sua carreira de gestor.

Para aqueles que tiverem dúvidas ou quiserem entrar em contato comigo para maiores esclarecimentos, utilize os comentários abaixo, que responderei a todos questionamentos com o maior prazer.

 

Posts Adicionais

Sugiro que leia também esse post: ISO 9001 e TI – O melhor dos dois mundos

Neste post detalho um pouco mais sobre alguns pontos referentes à gestão de um departamento de TI.

 

Gostou do post?

Gostaria muito de saber sua opinião sobre o conteúdo através de um comentário seu logo aqui abaixo.

Caso ele tenha sido útil para você, aproveite para compartilhá-lo com um amigo ou amiga que precise de idéias como essas para ajudar em seu dia a dia.

Se quiser que avise sempre que houver uma atualização, deixe seu email abaixo.

Informe seu email e clique no botão ENVIAR!

Até o próximo post!

13 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *